Festival de Curtas-Metragens de Sintra
MARÇO 2019

Pt En

Sessão Filmes Premiados


Coisa de AlguémSusanne Malorny, Portugal, DOC, 2014 - 25’

O Departamento de Perdidos e Achados de Lisboa parece mais uma antiga oficina artesanal do que um escritório. A sua missão é especial: garantir exílio a todos os artigos pessoais perdidos e recolhidos na área da grande Lisboa. É impossível prever se as coisas perdidas alguma vez vão reencontrar os seus donos, de quem revelam bastante mas usualmente não o suficiente para os identificar. O dia-a-dia desta instituição dentro da PSP torna-se um observatório inesperado da dinâmica de perder, achar, possuir e esquecer numa complexa cidade actual.

Outubro AcabouKaren Akerman, Miguel Seabra Lopes, Portugal/Brasil, FIC/DOC/EXP, 2015 - 24’

Além do indómito desejo de realizar as enormidades que o tentavam, nada mais era sagrado.

PrimáriaHugo Pedro, Portugal, DOC, 2013 – 20’

Uma turma de 4º ano inicia o terceiro período de aulas e prepara-se para os exames nacionais. Enquanto aproveitam os últimos dias de alegria no recreio, nas aulas as crianças preparam-se para deixar a sua primeira escola. Um filme sobre o momento em que se deixa a segurança de um ciclo e se vai em direcção à incógnita que é o seguinte.

Pronto, Era AssimJoana Nogueira e Patrícia Rodrigues, Portugal, ANIM/ DOC, 2015 – 13’

“Pronto, era assim” é um documentário animado, executado em stop motion e complementado com animações 2D, realizado no âmbito da Academia RTP 3.0. A curta-metragem apresenta a história de vida de seis idosos, quatro senhoras e um casal, que sob a forma de entrevistas dão voz aos objetos que protagonizam este documentário, partilhando as suas histórias de vida em momentos fragmentados que oscilam entre o passado, presente e futuro.

Campo de VíborasCristèle Alves Meira, Portugal, FIC, 2016 – 19’

Em Campo de Víboras, uma pequena aldeia de Trás-os-Montes, dá-se uma tragédia. Uma idosa é encontrada morta no seu jardim rodeada de cobras, enquanto a sua filha Lurdes, uma mulher de 40 anos, desaparece sem dizer nada a ninguém. Espalham-se os rumores sobre o misterioso destino desta casa.
(Filme incluído na retrospetiva Ulrich Seidl “Die Letzen Manner (The Last Man)”

NoiteFlávio Pires , Portugal, Fic, 2012 – 13’

Um jovem divide o tempo entre a sua banda e tomar conta da avó doente. E a noite é longa.
(Filme incluído na retrospetiva Ulrich Seidl “Der Busenfreund (The Bosom Friend)”

Nada FaziFilipa Reis e João Miller Guerra, Portugal, Fic, 2011 – 20’

Três investigadores iniciam a tese “10 Anos de Reinserção Social no Bairro Casal da Boba”.
A câmara de filmar usada na pesquisa é roubada e ao deambular de mão em mão regista um crime.
Nada Fazi (é inevitável, em crioulo) é um olhar partilhado de fragmentos do dia-a-dia de um bairro.
Uma visão externa que se transforma numa viagem íntima pelas vivências de um grupo de jovens.

(Filme incluído na retrospetiva Ulrich Seidl “Spaß ohne Grenzen (Fun Without Limits)